sábado, 17 de abril de 2010

Vale a penar reler o lado B da vida!!!

Bem, hoje vou fazer um pouco diferente, vou postar em cima do já postado, bem, resumindo, vocês não vão mais precisar clicar para ver um post passado da coluna: Vale a pena reler, vou re-postar aqui mesmo, poupando assim cliques desnecessários, ai, as vezes fico pasma com minha incrível generosidade e humildade também!! Bom, vou re-falar do mundo do avesso, do sinistro, do esquerdo jeito de ser dos canhotos, categoria que me incluo misteriosamente ( não tem nenhum canhoto na minha imensa família....humm, sempre desconfiei que era adotada, primeiro porque minhas irmãs falavam isso todos os dias, depois porque eu era a torradinha da familia....tsc tsc..., hoje já desencanei, mas essa história de ser canhota, merece algumas explicações rsss!!!) Beijos a todas!!!

O lado esquerdo da vida....esse é o meu lado, é também o lado do pandinha júnior e seria também do Mr.Dr.Escova se o pai dele não o tivesse " desentortado" ( ai que maldade!!), e amigas, não é fácil ir pelo lado contrário da massa, enquanto 90% da população está vivendo direito, a gente vive de forma sinistra( na Itália esquerda é sinistro)!!! Já tentaram abrir uma latinha, escrever em caderno com ou sem espiral sem sair com a mão toda borrada? E escrever no quadro, tinha pânico quando a professora chamava para escrever no quadro negro, ia escrevendo e apagando, que mico!!! Fora as cadeiras de braço da escola, que nunca tinha disponível para os esquerdinhas...lendo um artigo sobre canhotos, falou-se de algumas vantagens, como jogar futebol, fazer esgrima, boxe, hokey (??!!), agora me digam, e eu lá quero fazer isso??? Isso tem glamour??? Mas também descobri companheiros incríveis e admiráveis, 2 dos Beatles eram canhotos, Mc Cartney e Ringo, Leonardo da Vinci, Ayrton Senna, Charles Chaplin...bem, nesse meio eu já fiquei mais confortável...dizem que somos mais propensos a ter " almas criativas" hummm, gosto disso, gosto muito de criar, que somos mais rápidos e hábeis em fazer várias coisas ao mesmo tempo, gosto disso também, sou multifacetada, agitada, bate certinho, tudo muito lindo, mas continuo sofrendo em cortar um simples papel, tenho que pedir sempre ajuda na hora de fazer o brigadeiro, pois abrir lata é um suplício....Gênios canhotos, uni-vos nas indústrias e fazei-nos (rsss) tudo em caixa, canetas que não deixem rastros, já que somos supostamente tão criativos, inventem coisas a nosso favor!!
E vcs garotonas, alguma é da turma sinistra?? Contem suas dificuldades soul sisters!!
Beijos

14 comentários:

  1. Olá Roberta, apesar de destra estou entrando no mundo dos canhotos agora minha filha tem 1 ano e 7 meses e uma preferência enorme por fazer as coisas com a mão esquerda ( sonho de consumo da sogrona)e tadinha demorou para eu me dar conta e parar de tentar fazer ela comer e rabiscar com a mão direita, eu estava inconscientemente "desentortando" a Malu, mas já me endireitei ou seria "esquerdei"? rsrsrs...bjinhos

    ResponderExcluir
  2. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  3. Vou escrever de novo o comentário amiga, pois apertei o botão antes do tempo, rsrsrsr!!!, minha avó materna era canhota, e na época dela ser assim era muito sinistro, no outro sentido da palavra, então ela foi obrigada a escrever com a mão direita, senão a professora batia na mão dela com uma palmatória, tadinha, e assim ela ficou escrevendo com ambas as mãos, mas ela tinha preferência pela esquerda, na faculdade tive uma amiga canhota, antes de começar a aula nós íamos de sala em sala procurando uma cadeira com mesinha do lado esquerdo p/ ela senão ela tinha que ficar esvrevendo toda torta e ficava com dores, mas ela tem uma habilidade incrível com a tesoura, já com o abridor de latas é uma negação rsrsrsr!!!, bjkas queridona e lindo domingão p/ vc e família, ;)...

    ResponderExcluir
  4. ai roberta! é nã tinha pensado nos problemas dos canhotos, coisas pequenas do dia-a-dia-
    eu ía ser canhota - mas minha mãe não deixou (credta nisto?) ela batia na minha mão , tinha (ainda tem) que diziam que era coisa do capeta..credo! santa ignorância - é o lado do cerebro que comanda, e é genético, alguem tue bem distante deveria ser mas coitado não pode ser! por isto fala pra minha mãe brincando tá vendo que fez com tua filha/ ficou mais doida ainda rrsrs- mas sabe que eu consigo escrever com direita e esquerda numa boa, e a minha filhota super inteligente é canhota - e eu acho um charme! mas pegam no pé dela tb na escola - tem gente que fala - coitada é canhota!
    ai goodd! dizem que os grandes gênios era canhotos - viu um a zero para os canhotos!
    bjs

    ResponderExcluir
  5. Xará-mais-linda , aqui o canhoto é o Maridão , e usava essa razão pra não abrir as latas , fucei até encontrar , anos atrás , um abridor especial pra canhotos. Você acredita que ele deu fim no abridor? Sumiu , misteriosamente...
    kkkk
    Mil beijos.

    ResponderExcluir
  6. Meninas, que coisa isso de não nos deixarem seguir o nosso rumo não?? Eu não tinha noção do tanto que isso acontecia!! Felizmente pude ser canhotíssima, com muito orgulho, mas com várias dificuldades rs, beijos

    ResponderExcluir
  7. Ei flor.
    Sou canhota também. Na verdade tenho algumas dificuldades...
    Sou professora. Então, escrevo e: apago! Êêê!
    Abridor de latas: detesto.
    Tesoura: odeio. Não detesto. Odeio mesmo.
    Descascar laranja: Ajuda-me, Senhor.
    Enfim, coisinhas simples, mas que realmente dificultam um pouquinho a nossa vida.
    Ah, e sempre, sempre, procurei as carteiras de sala em sala. Fazer o que?
    E outra: dizem que morremos cinco anos mais cedo que os direitinhos. Arfh...

    ResponderExcluir
  8. Oi Roberta,

    Esqueci de me apresentar, meu nome é Mércia e sou de Salvador. Quanto ao seu comentário no post, graças a Deus que seu familiar teve um parente compatível. Eu também tive meus tempos de visita ao hematologistas e sessões de quimioterapia, mas graças a Deus não cheguei a precisar de transplante, tô novinha em folha...rs.
    Estava lendo o comentário das meninas sobre os utensílios domésticos e lembrei: comprei um conjunto de pratinho e talher para a filhota sabe aqules que o talher é tortinho ( adaptado) pois é só serve para destros, um TERROR.
    Beijos.

    ResponderExcluir
  9. Rô, eu acho que sou muito esquisita, porque adoooro ver um canhoto escrevendo, é sério. Minha cunhada é canhota e eu babo no jeito dela escrever e na letra dela. rs E meu sobrinho, filho de outra cunhada tá levando jeito pra canhoto, sempre pega o lápis, pincel, com a mãosinha esquerda e a tia aqui fica ainda mais babona. rs

    Um ótimo domingo, frô
    Um xêro.
    Paty

    ResponderExcluir
  10. Meninas, claro que ser esquerdinha tem seu valor, mas na prática, ai quantas dificuldades!!! Beijocas

    ResponderExcluir
  11. Roberta, sempre achei o canhoto charmoso. Quando pequena fingia em escrever com a esquerda. Fora as pequenas dificuldades, me realizei tendo um filho destro.

    ResponderExcluir
  12. Roberta-De-Deus,
    Vou confessar aqui uma coisa: eu sempre quis ser canhota mas a vida me fez destra...
    Grande beijo e linda semana aí no cerrado,
    Cris*

    ResponderExcluir
  13. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk...Ai Roberta, so vc mesmo... MAs sabe que eu nunca parei para pensar, que as mãos de vcs sempre ficam borradas???? Kkkkkkkkkkkkk...Tadinhos.....

    PS: e a cachorrinha, como esta?

    Um beijo

    Boa semana

    ResponderExcluir
  14. Jana, a cachorrinha está linda e fofa, muito bem!! Obrigada!! Hoje eu escrevo e sopro pra secar kkkk, é mole??? beijos

    Cris, eu sempre quis usar oculos e até hoje não preciso rss, sempre achei um charme kkkk, cada louco!!! beijo

    Penha, essa coisa de ser diferente tem seu charme sim, mas é bem complicadinho rsss beijos

    ResponderExcluir

Escrevo porque encontro nisso um prazer que não consigo traduzir. Não sou pretensiosa. Escrevo para mim, para que eu sinta a minha alma falando e cantando, às vezes chorando... [ Clarice Lispector ]